Bem vindo!!!

Fique a vontade!!! Este é o meu refúgio...
MINHAS REFLEXÕES

quinta-feira, 5 de julho de 2007

Sombra de chuva

Lembranças sólidas
de um tempo inerente

Perspicácia,
retina figurante
de corriqueiras tardes
Malicias, carícias, delicias
Lembra-se quando...

Nem sempre, nem tanto
Tudo parece estranho
Ainda que, saiba que...
Não esqueço...

Frases curtas,
Idéias soltas,
Lucidez de sentido,
Fitinha no dedo
Ainda se lembra...
Eu chorei.

A chuva que cai
Parece molhar os meus desejos
Escritos em papel de carta
Que ninguém entrega...

O andarilho ainda percorre
Exala seu grito
Racham-se as muralhas
O tempo transparece


E da chuva, apenas o vendaval
Alastram-se os vales
Lá vem o sol...
Que já tão frágil,
Resiste até mais tarde.
Quando chega o silêncio,
Calmaria em noites quentes
Gestos claros,
Apenas um palpite

Da tolerância
Veio a ausência
Que por fim

Fez-se meio ao inicio

O olhar distante
fixo ao nada.


pois é tudo que tenho

Nenhum comentário:

Algumas referências

Em Dança, Artes Cênicas e Música

Barbatuques

Loading...

Grupo Corpo

Loading...

Grupo Galpão

Loading...

Uakti

Loading...