Bem vindo!!!

Fique a vontade!!! Este é o meu refúgio...
MINHAS REFLEXÕES

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

O dia que parei de comer carne...

O dia que parei de comer carne animal...
eu vi um ser parado em uma sinaleira
Sob o lombo soado escorria o seu cansaço
e pulsava sobre rédeas sua condenação eterna
Ao comando de um quadrúpede
investido de sua essencial ignorância
e com a autoridade de um chicote
cravava-lhe ao coro a dor do cárcere
à espera de um estímulo que o tirasse dali
Ainda que esse fosse o único martírio
que alimenta os seus dias...
A morte poder-se-ia o único caminho
para sua libertação...

Algumas referências

Em Dança, Artes Cênicas e Música

Barbatuques

Loading...

Grupo Corpo

Loading...

Grupo Galpão

Loading...

Uakti

Loading...